Austrália

Capital: Camberra
Línguas oficiais: Inglês
População : 23.826.352 (2013)
Moeda: Dólar australiano (AUD)
IDH (2013): 0,933 (2.º)

Escolher uma ilha como destino de intercâmbio tem lá as suas vantagens, principalmente quando essa ilha-país é a Austrália, a maior do mundo. E não é apenas em extensão territorial que o país se destaca. Segundo dados levantados pela revista inglesa Times Higher Education (THE) em 2012, das 100 melhores universidades com menos de 50 anos 14 classificadas são australianas.

Cidades como Sydney, Melbourne e Brisbane já fazem parte da rota e história de muitos estudantes internacionais.

A qualidade de ensino não fica apenas para a educação superior. Escolas de idioma oferecem cursos de inglês para os mais diferentes níveis de aprendizagem. Outra vantagem da Austrália é a possibilidade de conciliar trabalho com estudo, mas para isso é necessário ficar atento aos tipos de vistos exigidos pelo país.

Informações gerais sobre Austrália

  • Visto:

    Há algumas coisas importantes que você precisa saber antes de solicitar ou receber um visto australiano. Entre elas, solicitar o tipo correto de visto, os requisitos de solicitação, seus deveres enquanto estiver na Austrália e a importância de atender às condições dos vistos.

    • Visto para estudante

      O visto de estudante só é concedido através de cursos com duração mínima de 14 semanas (3 meses e meio). Além do mais, a escola deve estar cadastrada no programa Study in Australia. As opções que permitem visto variam entre cursos de inglês (abrangendo desde o nível básico até o avançado), cursos técnicos, graduação e pós-graduação em geral. A principal característica deste visto é a garantia da permanência na Austrália pelo tempo que durar o curso escolhido. Como estudante, é possível trabalhar até 20 horas por semana.*

      Normalmente, a Embaixada Australiana concede um mês (28 dias) a mais de visto após o termino do curso. Ou seja, por se tratar de um visto de estudante, este tempo extra é considerado férias e uma das vantagens é poder trabalhar mais do que 20 horas por semana.

      Para solicitar o visto australiano de estudante no Brasil, é preciso respeitar o mínimo 14 semanas de duração, pois caso contrário, a Embaixada Australiana irá classificar um pedido de visto para turismo.

      Ao final do curso, é possível optar por estender o visto de estudante. Para isso, será necessário se matricular em um novo curso e fazer o pedido de renovação do visto no Departamento de Imigração dentro da Austrália (nós daremos toda a assistência necessária em todos os processos. A aplicação geralmente é feita online.) Outra opção é a troca do visto de estudante pelo visto de turista para poder viajar (vale lembrar que se esta troca for feita, não é possível voltar a ser estudante sem ter que sair do país. Visto de estudante pode ser renovado dentro da Austrália. Visto de turista não pode se transformar em visto de estudante dentro da Austrália).

      *Esta permissão é um dos direitos oferecidos pelo visto de estudante. No entanto, é preciso fazer a solicitação do Tax File Number. A equipe está pronta para auxiliar os estudantes com todo o processo necessário.

      É indicado solicitar o visto com 3 meses de antecedência da data de inicio do curso na Austrália.

    • Visto para turismo

      O Visto de Turismo permite a entrada de pessoas que viajam à Austrália a turismo, férias, visita a amigos ou familiares, realização de quaisquer atividades recreativas ou mesmo estudos por um período não superior a 12 semanas.

      Este tipo de visto tem validade de um ano, sendo que cada entrada no país tem de ter no máximo três meses.

      Em alguns casos especiais, é possível solicitar um visto de seis meses de estadia, sem que seja preciso sair do país. Neste caso, é feita uma avaliação individual e, dependendo do argumento do aplicante, a solicitação pode ou não ser aprovada.

      Atualmente, a aplicação do Visto de Turismo é feito online, sendo que de maneira geral o único documento necessário para este visto é o passaporte.

      O agente de imigração, no entanto, pode, durante o processo, solicitar documentação adicional.

      É indicado solicitar o visto com 2 meses de antecedência da data de inicio do curso na Austrália.

  • Informações gerais sobre o custo de vida:

    Sabendo que o custo de vida em Sydney e Melbourne é uma parte importante na decisão de estudar na Austrália, aqui estão alguns custos associados com viver e estudar no país. O “Australian Education International”, órgão Educacional do Governo Australiano estima que um estudante internacional vivendo em Sydney ou Melbourne gasta em média entre AUD 18,610 a AUD 21,000 anualmente para cobrir as despesas. Ou AUD 1,550 por mês (aproximadamente AUD 390 por semana) como se segue:

    • Acomodação;
    • Alimentação;
    • Vestuário;
    • Diversão;
    • Transporte;
    • Viagens internacionais e domésticas;
    • Telefone.
    Despesas:
    • Acomodações

      Para acomodação, os preços estimados são:
      Valores
      Aluguel compartilhadoAUD 70 a AUD 250 por semana
      Homestay (casa de família)AUD 110 a AUD 270 por semana
      AluguelAUD 100 a AUD 400 por semana
    • Despesas adicionais

      Ao morar sozinho, estudantes devem considerar as seguintes despesas adicionais:
      Valores
      Mercearia e comer fora$80 a $200 por semana
      Celular$30 a $80 por semana
      Gás e eletricidade$60 a $100 por semana
      Telefone e Internet$20 a $50 por semana
      Transporte Publico$10 a $50 por semana
      Diversão$50 a $100 por semana
  • Sobre Trabalho:

    Estudantes internacionais tem permissão de trabalhar até 40 horas por quinzena, ou 20 horas semanais. Para se aplicar a um emprego na Austrália, o estudante basicamente precisa de dois documentos:

    TAX File Number;
    • Currículo.

Galeria de imagens